quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Diofante de Alexandria. (2º Ano - EM)


Diofante de Alexandria, o maior algebrista grego, viveu por volta do século III d.C. Sua principal obra é a Aritmética, da qual foram preservaods os seis primeiros livros, de um total de treze. Trata-se de uma coletânea de problemas indetermiandos cuja resolução é apresentada através de métodos puramente algébricos. Hoje, as equações polinomiais com coeficientes inteiros, resolvidos no conjunto universo U=Z, recebem o nome de equações diofantinas. Um exemplo é a equação 3x+4y=20, que tem a solução geral expressa por y=20-3t e x=-20+4t, onde t é um número inteiro.

Diofante foi o primeiro matemático a utilizar sistematicamente alguns símbolos algébricos, incluindo sinais especiais para a incógnita e para os recíprocos. Essa notação algébrica facilitou a resolução de problemas mais complicados. Mas, pouco se sabe sobre Diofante, sendo inclusive incerto o período em que viveu.

Um dos discípulos de Diofante, resumiu a vida de Diofante, através de um enigma matemático, escreveu:

"Deus lhe concedeu ser um menino pela sexta parte de sua vida, e somando uma duodécima parte a isto cobriu-lhe as faces de penugem. Ele lhe acendeu a lâmpada nupcial após uma sétima parte, e cinco ano após seu casamento concedeu-lhe um filho. Ai! infeliz, criança tardia; depois de chegar à metade da vida de seu pai,o Destino frio o levou. Depois de se consolar de sua dor durante quatro anos com a ciência dos números ele terminou sua vida."

Assim, com essas palavras, o discípulo de Diofante, conta a vida do mestre. Agora, o grande desafio para "VOCÊ", é transformar a vida de Diofante, em uma equação do 1º grau e descobrir, qual era a sua idade quando morreu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário